navegar pelo menu
domingo

últimos filmes que assisti #2: originais Netflix

Vou iniciar esse post fazendo uma reclamação: eu nunca sei como começar esses posts sobre filmes!  

Nos últimos meses tenho assistido tantos filmes legais, mas me faltava paciência para escrever sobre. Não é à toa que o blog tá aqui, largado as traças, né, linda?! Ainda bem que a falta de paciência passou e cá estou eu, para falar sobre os últimos filmes assistidos. Dessa vez escolhi alguns originais Netflix, mas foram tantos assistidos, que vou ter filme para indicar em mais uns 3 posts.  


 A Barraca do beijo  

Sinopse: “Melhores amigos desde sempre, Elle (Joey King) e Lee (Joel Courtney) têm a inventiva ideia de gerenciar uma barraca do beijo durante um evento da escola. Para fazer da proposta um sucesso, a garota tenta convencer o galã Noah (Jacob Elordi), seu crush e irmão mais velho de Lee, a participar da brincadeira. Ele mostra-se irredutível, mas os dois acabam se aproximando como nunca, o que estremece a amizade de Elle e Lee.”  

É uma comédia romântica feita unicamente para entreter e te fazer pensar “por que eu  assistindo isso, mds?”, eu ainda assisti duas vezes para ter certeza que o filme merecia a nota 9 que eu tinha dado, mas depois de assistir novamente, a nota foi para 8 (que não é uma nota ruim). Não que seja um filme ruim, mas as pessoas estavam comentando tanto, criei expectativas e no final vi que era só mais um filme comum. Enfim, o filme possui todos os elementos que uma boa comédia romântica deve ter: uma tonelada de clichês, uma protagonista atrapalhada, um melhor amigo fofo, um galã charmoso e romântico, algumas cenas exageradas e bem previsíveis. 

Uma dúvida: Por que as pessoas adoram colocar atores adultos ridiculamente bonitos para interpretar adolescentes? 


 Doce Argumento 

Sinopse: "Dois alunos participam do clube de debate. Eles são rivais e sabem muito bem discordar um do outro. O futuro dos estudantes está em jogo por causa de um campeonato e os dois resolvem deixar as diferenças de lado, despertando sentimentos." 

Adolescenteshigh school, comédia e Estados Unidos, já sabemos o que esperar, né? Nada muito diferente do filme anterior. Assisti sem esperar muita coisa e acabei me surpreendendo um pouco. Ele é leve, divertido e fofo (?). A sinopse já deixou claro, é sobre dois adolescentes no último ano do colegial, Bennett e Lona. Os dois tem o sonho de entrar na faculdade. Um sonha com Harvard e outro com Yale. Então eles fazem de tudo para serem os melhores em tudo. Além disso, os dois se odeiam. Não precisa de muito para saber o final, né? Não fiquei entediada durante o filme, então fez valer o 8,5. 


 O plano imperfeito 

Sinopse: "Harper (Zoey Deutch) e Charlie (Glen Powell) são dois assistentes executivos sobrecarregados e mal pagos, derrotados pela competição acirrada de Manhattan. Pouco conscientes de seus próprios sonhos adiados, esses jovens de vinte e poucos anos vivem para servir um par de chefes durões (Lucy Liu e Taye Diggs) que os levam a um frenesi diário. Reunindo-se por puro desespero, Harper e Charlie criam um plano para se tornarem casamenteiros secretos, tirando seus chefes das costas e atraindo-os para um falso romance." 

Acho que a Netflix percebeu que comédias românticas realmente dão certo por lá e começou a investir pesado. E temos mais um clichê para a minha lista de assistidos. Dois assistentes tentando fazer seus chefes chatos ficarem juntos e o próprio nome do filme já diz que o plano é imperfeito, então o final é bem previsível também. Apesar de tudo, o filme tem uma boa trama, é bem divertido e conseguiu me prender até o final. Não perdi tempo assistindo e valeu a nota 9. 


 Perfeita pra você 

Sinopse: "Abbie (Gugu Mbatha-Raw) e Sam (Michiel Huisman) se conhecem desde os oito anos de idade e acreditam ser almas gêmeas, destinadas a ficar juntos para sempre. Mas, tudo muda quando um deles recebe a notícia de que tem câncer terminal." 

Dessa lista, esse foi o primeiro que assisti, mas não sabia o que falar sobre. Por mais que eu tente não cair no clichê de comprar histórias e mais histórias de romance dos filmes, vez ou outra aparece uma que me deixa meio boba. Digno da minha nota 10, me fez chorar diversas vezes e, por isso, acredito que, se você curte uma comédia romântica e aquelas histórias de amores que tem um final trágico, vai gostar também. O tipo de filme que quando você acaba de assistir fica entrando em reflexões sobre o amor, a existência do futuro e essas coisas todas.  

Obs: O próximo post sobre filmes vai ser sobre ele, sim!   

xoxo, janeise❤  

*todos os gifs foram retirados do google imagens e a foto de capa é de minha autoria, bjs*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial