navegar pelo menu
sexta-feira

eu te deixei ir e você foi

Reprodução/Pinterest

Eu posso te dar dezoito motivos para ter te mandado embora:
E posso começar falando que 18 é o nosso dia.
D e z o i t o (foi?) o nosso dia.

Hoje não somos. Porque eu te deixei ir, e você foi.

Eu posso te dar 18 motivos para ter te mandado embora e você vai concordar.

Motivo um:
A gente (já) não se fazia bem. Ou você já não fazia mais bem para mim? O foda é que sem você está sendo pesado.
Eu te deixei, e você foi.

Motivo dois:
Eu disse para ir e você nem fez questão de ficar.
Eu te deixei ir, e você foi.

Motivo três:
Eu disse vai e você não insistiu em ficar, se foi e nem olhou para trás.
Eu te deixei ir e você foi. Caramba! Você foi.

Motivo quatro:
Eu estava presa a você e não estava me fazendo bem.
Eu te deixei ir, e você foi.

Motivo cinco:
Eu queria ficar com você, mas não era o que eu precisava. Até porque nem sempre o que a gente quer, é o que a gente precisa.
Eu te deixei ir, e você foi. E você precisava ir!

Motivo seis:
Você já não conseguia me olhar e isso era doloroso demais.
E eu deixei, eu te deixei livre pra ir e você foi.
Mas que droga, precisava mesmo ir?

Motivo sete:
A gente se cortou as asas, sem nem perceber, e elas queriam brotar.
Eu te deixei ir, e você foi.

Motivo oito:
Eu não era mais suficiente para você, se é que um dia eu realmente fui.
Porra, eu deixei você ir, e você foi.

Motivo nove:
Eu te odiava por querer ir e não saber como, porque eu sentia que você queria ir, mesmo quando dizia que não.
E eu tive que te deixar ir, e você foi.

Eu poderia contar os dezoito motivos que me fizeram te mandar embora, mas você deve saber os motivos que te fizeram ir.

Eu disse vai, e eu não queria que você fosse.  Eu nunca quis que você realmente fosse, mas te fazer ficar, só ia me (e te) fazer mal. Mas não ter você me faz mal todos os dias, te ver seguindo em frente e me esquecendo degrada a minha alma.

Mas fui eu que te deixei ir e você foi.

Você foi, mas ainda te guardo dentro do meu peito e ainda assim, você se esvai através dos meus olhos todos os dias. Eu precisava que você ficasse, mas você precisava ir.

Então eu disse vai, e você foi.

Eu poderia te dar dezoito motivos para voltar, mas quando eu disse vai.

Você foi.

E isso me dói.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial